Digite a senha



Digite a senha



O que deseja fazer?



Recuperação de senha



Área do aluno

Acupuntura em oncologia: como funciona e quais os benefícios para os pacientes

Você está localizado em: Home » Notícias » Acupuntura em oncologia: como funciona e quais os benefícios para os pacientes



A dor é uma das queixas mais frequentes entre os pacientes diagnosticados com câncer. Ela é decorrente da própria ação da doença, e também dos desconfortos causados pelas incontáveis baterias de exames e procedimentos que são realizados ao longo do tratamento. 

A fim de minimizar os efeitos causados, a acupuntura surge como terapia alternativa, devendo ser realizada de maneira complementar ao tratamento convencional. Além de ajudar a controlar a dor, ela também pode reduzir impactos emocionais, como o estresse e a ansiedade. 

No texto abaixo você confere mais informações sobre como essa técnica oriental pode gerar benefícios para os pacientes oncológicos.

O que é acupuntura?

Com origem na China, a acupuntura é uma terapia milenar utilizada para proporcionar bem-estar e contribuir com o tratamento de alguns problemas de saúde. 

Tradicionalmente, a técnica utiliza agulhas finas ou sementes de mostarda, que são aplicadas superficialmente em pontos específicos do corpo humano (meridianos), com base nos sintomas relatados pelo paciente. Mais recentemente o uso do laser pode ser realizado nos pontos de acupuntura gerando inúmeros benefícios também para as pessoas que têm medo de agulhas.

Os meridianos de energia correspondem aos orgãos, tendões e músculos e às terminações nervosas do corpo. Quando estimulados, liberam a energia acumulada e equilibram os orgãos. Ao fim, a terapia gera efeitos analgésicos e anti-inflamatórios, melhorando a função do corpo como um todo. 

As sessões devem ser realizadas por profissionais especializados na técnica.

+ Leia mais: Terapias complementares no tratamento do câncer 

 

Uso da acupuntura em oncologia

Quando o paciente oncológico passa por cirurgia de retirada do tumor ou pelos tratamentos convencionais relacionados à doença, ele lida também com uma série de efeitos colaterais. Entre os principais deles estão as náuseas e vômitos constantes e a persistente fadiga oncológica

É a fim de minimizar esses sintomas que as terapias complementares têm sido cada vez mais procuradas pelos pacientes e seus familiares. O objetivo é que elas sirvam como alternativa para minimizar os desconfortos causados pela doença. 

Diante disso, a técnica da acupuntura surge como adjuvante, contribuindo com a redução das dores e inchaços e demais sensações físicas e emocionais decorrentes de todo o tratamento. Devido ao baixo risco de complicações ou efeitos colaterais, a técnica é considerada promissora.

Uma série de pesquisas já comprovam que a acupuntura gera benefícios quando realizada em pacientes com quadros oncológicos. Nos Estados Unidos, a especialidade já faz parte, inclusive, das recomendações da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO). 

+ Leia mais: Acupuntura traz resultados positivos para pacientes com câncer.

 

Benefícios da acupuntura para pacientes oncológicos

A acupuntura tem se mostrado eficaz no alívio dos sintomas oncológicos e sido frequentemente procurada como terapia complementar aos tratamentos convencionais da doença. Confira abaixo alguns dos principais benefícios da técnica.

 

Câncer de cabeça e pescoço

Pacientes diagnosticados com tumor nas regiões da cabeça e pescoço frequentemente relatam sintomas de xerostomia – a popular “boca seca”. Além de desconforto, o distúrbio, que é causado pela ausência de fluxo salivar, pode aumentar o risco de infecções orais. 

Alguns estudos, no entanto, já sugerem que a acupuntura, administrada em paralelo à radioterapia, ajuda a reduzir esse efeito. Ao impactar no fluxo de sangue da região, em específico na glândula parótida, a técnica contribui com o aumento do fluxo da saliva. 

+ Confira também: Manual de exercícios para pacientes com câncer de cabeça e pescoço 

 

Alívio das dores

Mais de 70% dos pacientes oncológicos sofrem com dores durante o enfrentamento da doença. Em diversos graus, elas frequentemente impactam na qualidade de vida e convívio social desses pacientes. 

Os efeitos colaterais da radioterapia também podem ser amenizados com a acupuntura.

Em um estudo publicado no JAMA Oncology, as pessoas submetidas à terapia relataram melhora superior às das que fizeram apenas uso de medicações, contribuindo, inclusive, com a redução de doses diárias de morfina.

+ Leia mais: Efeitos colaterais da radioterapia 

 

Conheça o curso online de laseracupuntura do Oncofisio

Se você é fisioterapeuta acupunturista e deseja aprender mais sobre como a técnica pode ajudar os pacientes oncológicos na redução dos sintomas causados pela doença, conheça o curso de laseracupuntura da Oncofisio.

Em formato totalmente online, ele é um complemento para quem quer entender mais sobre o uso do laser associado à terapia da acupuntura e sua contribuição aos pacientes. São sete horas de curso, ministrado por especialistas. 


+ Confira mais informações: Curso de Laseracupuntura em Oncologia

 

Crédito da imagem: Saúde foto criado por freepik - br.freepik.com

Notícias relacionadas


Newsletter

Preencha seu e-mail e receba as novidades do Instituto Oncofisio em seu e-mail!

© 2009/2021 - Oncoexperts: Todos os Direitos Reservados

O conteúdo deste site tem objetivo estritamente informativo. Em hipótese alguma substitui a consulta ou tratamento médico e fisioterapêutico.

Em caso de dúvida, procure seu médico ou fisioterapeuta.

Endereço: Rua Afonso Celso, nº 19 - Vila Mariana - CEP: 04119-000 - São Paulo - SP

Telefone: (11) 2659-7001